Minas Gerais, um estado conhecido por sua popular comida da roça, seu famoso ‘uai’ e diversos pontos turísticos. Minas traz consigo uma vasta vegetação, cachoeiras, monumentos culturais e cidades históricas que são nossa marca registrada, como: Ouro Preto, Mariana, Diamantina, São João del Rei e Tiradentes, cada uma com seu acontecimento e marco.

Além das belezas naturais, existem pontos de visitação com um maior volume de pessoas. O trem maria fumaça como exemplo, tem seu destino de Tiradentes a São João del Rei e antigamente, era um meio de transporte para a população. Porém nos dias atuais, se tornou um ponto turístico que carrega muita história.

Ademais, Ouro Preto é uma das cidades mais conhecidas de Minas, admirada por  suas igrejas, capelas e também memorável pelos seus acontecimentos. Segundo o Ministério do Turismo, ela é conhecida por ser uma das cinco principais cidades históricas de Minas Gerais, foi também o primeiro sítio brasileiro considerado Patrimônio Mundial pela Unesco, título que recebeu em 1980.

Com 97% de execução e R$ 2 milhões investidos pelo Ministério do Turismo, o primeiro centro municipal de eventos de Ouro Preto, em Minas Gerais, está prestes a ser concluído. Com isso, várias atrações – culturais, de lazer e de negócios – antes realizadas no Centro Histórico da cidade, passarão a contar com um local de fácil acesso e próprio para esses tipos de eventos.

Segundo a Secretaria Municipal de Turismo de Ouro Preto, a expectativa é de realizar parte das atrações turísticas do aniversário da cidade, celebrado em 8 de julho, e o Festival de Inverno já no novo espaço.  A obra estava parada há 12 anos e chegou a ser depredada por falta de fiscalização. No local, funcionava a antiga fábrica de tecidos do município, originada em 8 de fevereiro de 1887. O local realizava a fiação e tecelagem de algodão e é, até hoje, uma importante marca histórica da comunidade.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a obra, além de possibilitar o aumento da oferta turística na cidade, valorizou a memória dos moradores da cidade com a preservação do patrimônio cultural, onde trabalharam milhares de descendentes das famílias que hoje vivem em Ouro Preto.

“A realização de grandes eventos no local vai permitir o crescimento do fluxo de turistas na região e a geração de emprego à comunidade. É mais um empreendimento que será entregue pelo Ministério em prol do desenvolvimento local de todas as regiões do país”, destaca o ministro.

POTENCIAL TURÍSTICO – A cidade é um dos 158 municípios que integram as 30 rotas contempladas pelo Programa Investe Turismo, que tem por objetivo acelerar o desenvolvimento local, além de incrementar a oferta turística das regiões.

Apesar de ter a maior parte do intenso fluxo turístico focado na arquitetura e importância histórica, o município possui um rico e variado ecossistema em seu entorno, com cachoeiras, trilhas seculares e uma enorme área de mata nativa, protegida com a criação dos parques estaduais.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*